Trichoderma: que fitopatógenos ele controla? Publicado em:

Trichoderma sp. é um gênero de fungos de vida livre comuns nos ecossistemas de solo e raiz.

Estes fungos atuam como agentes de controle biológico, cujas propriedades antagônicas se baseiam na ativação de mecanismos de ação diretos e indiretos.


Mecanismos de controle biológico

As espécies de Trichoderma exercem o controle biológico contra fungos fitopatogênicos de 4 maneiras distintas:

  • Competição por nutrientes e espaço
  • Indução de defesas da planta hospedeira
  • Antibiose: Difusão de inibidores aos fungos fitopatogênicos
  • Micoparasitismo

O micoparasitismo é a ação direta sobre o fitopatógeno, ou seja, quando crescem sobre outros fungos na natureza, através da infecção (penetração e colonização), degradação enzimática e consumo dos nutrientes pertencentes ao talo de outros organismos.

 

Os mecanismos agem coordenadamente e a eficácia da ação do Trichoderma é dependente de uma séria de fatores:

  • Espécie de Trichoderma
  • Fungo antagonista
  • Cultura
  • Condições ambientais (pH, temperatura, disponibilidade de nutrientes)

 

Eles produzem ou liberam uma variedade de compostos que induzem respostas de resistência localizadas ou sistêmicas, o que explica sua falta de patogenicidade para as plantas.

A ativação de cada mecanismo implica na produção de compostos e metabólitos específicos, como fatores de crescimento vegetais, enzimas hidrolíticas, sideróforos, antibióticos e permeases de carbono e nitrogênio.

A colonização da raiz por Trichoderma spp. também aumenta frequentemente o crescimento e  o desenvolvimento das raízes, a produtividade das culturas, a resistência aos estresses abióticos e a absorção e uso de nutrientes.

 

Produtos no mercado

No Brasil, já exitem vários produtos formulados contendo Trichoderma, que podem ser utilizados em diversas culturas a fim de auxiliar a planta na defesa contra diversos fitopatógenos:

Tabela 1 – Espécies de Trichoderma registradas para o controle de fitopatógenos por cultura e alvo.

Espécie de TrichodermaCulturaAlvo
Trichoderma asperellumAlgodãoRhizoctonia solani 
 FeijãoFusarium solani f.sp. phaseoli,  Rhizoctonia solani,  Sclerotinia sclerotiorum
 SojaSclerotinia sclerotiorum, Fusarium solani f. sp. Glycines, Rhizoctonia solani
Trichoderma harzianumAlfaceSclerotinia sclerotiorum
 FeijãoRhizoctonia solani, Fusarium solani f.sp. phaseoli
 SojaSclerotinia sclerotiorum
 Todas as culturasSclerotinia sclerotiorum, Rhizoctonia solani

 

Referências:

Agrofit

Benítez et al., BIOCONTROL IN TRICHODERMA, INT. MICROBIOL. Vol. 7, p. 249-260, 2004

Druzhinina et al., Trichoderma: the genomics of opportunistic success, Nature Reviews Microbiology 9, 749–759 (2011)

   
   
  
  
   
  
  
  

 

Autor(es)