A importância do microbioma do solo para o cultivo de batata

Publicado em: 16/02/2022
Compartilhe:

Neste material, você irá conhecer um pouco mais sobre:

  • A análise microbiológica de solos cultivados com batata
  • A importância da biologia do solo para o cultivo de batata

A batata (Solanum tuberosum) ocupa uma posição importante na alimentação humana, pois é o quarto alimento básico de maior importância global (PFEIFFER et al., 2017). As principais formas de comercialização da batata são in natura e como produtos processados destinados à fritura. Apesar de nos dois últimos anos terem ocorrido fatores que reduziram sutilmente a área cultivada com batata, há uma expectativa de incremento do cultivo desta cultura no Brasil em 2021. Estes fatos atestam a significância da produção agrícola desta espécie vegetal.

batata-um-alimento-comum-na-mesa-dos-brasileiros-agricultura
Figura 1. A batata é um alimento comum na mesa dos brasileiros. Fonte: Elevagro.

Apesar da importância deste cultivo, o sucesso da produção de batata depende de um manejo correto do solo, da mesma maneira que se observa em outras culturas. Além disso, a adoção de práticas agrícolas mais amigáveis ao meio ambiente é uma tendência mundial e vem se tornando uma exigência cada vez mais comum do consumidor. Um dos fatores mais preocupantes é a redução do uso de defensivos agrícolas. Por um lado, é do interesse do consumidor que estes defensivos sejam reduzidos ou até eliminados do processo produtivo; por outro lado, sabe-se que eles são de grande importância para reduzir as perdas da produção por causa de pragas agrícolas, garantindo a geração de um alimento de grande significância.

manejo-correto-solo-importante-para-que-tenhamos-sucesso-produção-batata
Figura 2. O manejo correto do solo é importante para que tenhamos sucesso na produção de batata. Fonte: Elevagro.

A possibilidade de reduzir o uso de defensivos e outros insumos agrícolas que podem ser prejudiciais à saúde humana e ao meio ambiente está associada com duas ações: (1) mudanças no sistema de cultivo e (2) o emprego de produtos biológicos. Em ambos os casos o aproveitamento do potencial natural nos microrganismos que vivem no solo assume grande importância, uma vez que muitas espécies microbianas podem atuar favorecendo nutricionalmente o crescimento vegetal e combatendo as pragas agrícolas.

Neste sentido, o conhecimento da microbiota do solo pode ser útil ao produtor de batata de várias maneiras. Podemos usar este conhecimento para repensar e para orientar nossas práticas agrícolas, visando uma agricultura mais sustentável, que gere produtos mais saudáveis, a fim de atender às demandas do mercado consumidor.

Os microrganismos que vivem no solo rizosférico da batata são os que mais podem beneficiar o crescimento vegetal. Em relação à batata, estes microrganismos são divididos em três grupos (PFEIFFER et al., 2017). 

  • O primeiro é formado por aquelas espécies que sempre estão associadas com o cultivo da batata. Ele inclui alguns organismos benéficos, como o Bradyrhizobium, que promove a fixação do nitrogênio e contribui para a supressividade do solo às pragas. 
  • O segundo grupo de organismos varia dependendo do estágio de crescimento da batata e inclui organismos benéficos como os do gênero Bacillus
  • O terceiro grupo é formado por organismos que variam dependendo do local, da condição climática e de outros fatores ambientais. Conhecendo estes organismos, podemos, por exemplo, selecionar certos insumos biológicos que podem complementar funções benéficas à batata, que sua microbiota não apresenta naturalmente, visando o favorecimento do crescimento e da saúde vegetal.

Quando nos propomos a fazer um manejo do solo, queremos melhorar o nosso solo, sem que o que ele já possui de bom seja perdido. No contexto de manejo biológico, não queremos perder aqueles organismos que vivem em associação com a batata e que trazem benefícios a ela. Então, um dos objetivos da análise microbiológica de solo é verificar o efeito de diferentes práticas de manejo, inclusive as tradicionais, sobre a microbiota do solo. Queremos, com esta informação, estabelecer ações que nos permitam equilibrar estas práticas com o melhor aproveitamento do potencial do solo em questão.

Este tipo de avaliação pode ser exemplificado pela fertilização do solo com fósforo (PANTIGOSO; MANTER; VIVANCO, 2020). Busca-se responder, nesta avaliação, qual o efeito do excesso de fósforo sobre os microrganismos que vivem em associação com a batata.  De maneira geral, observou-se que o tipo de cultivar exerce mais influência sobre a microbiota do que o aumento da concentração de fósforo inorgânico. Porém, também se observou que o aumento da fertilização do solo com fósforo pode resultar em uma redução da capacidade das plantas de se associar beneficamente com os microrganismos do solo, reduzindo o aproveitamento do seu potencial natural. Isto enfatiza a necessidade de equilibrar a aplicação de fósforo, necessário à alta produção de batata, com a manutenção da qualidade do solo, visando a sustentabilidade.

Em suma, a análise microbiológica pode ser utilizada pelo produtor de batata e profissionais que atuam nesta cultura para: 
(1) caracterizar a qualidade do solo, 
(2) gerar informações que podem ser usadas no refinamento das práticas tradicionais de manejo do solo e 
(3) estabelecer processos microbianos que podem ser melhorados no solo em questão pelo uso de insumos biológicos ou de sistemas de cultivo mais ambientalmente amigáveis.

Referência

PANTIGOSO, H. A.; MANTER, D. K.; VIVANCO, J. M. Differential effects of phosphorus fertilization on plant uptake and rhizosphere microbiome of cultivated and non-cultivated potatoes. Microbial Ecology, v. 80, p. 169-180, 2020.
PFEIFFER, S.; MITTER, B.; OSWALD, A.; SCHLOTER-HAI, B.; SCHLOTER, M.; DECLERCK, S.; SESSITSCH, A. Rhizosphere microbiomes of potato cultivated in the High Andes show stable and dynamic core microbiomes with different responses to plant development. FEMS Microbiology Ecology, v. 93, artigo fiw242, 2017.


Autor(a)

Dr. Biome4All

MATERIAIS MAIS ACESSADOS:
VOCÊ PODE GOSTAR: