pH: cuidados na aplicação de bioinsumos

Publicado em: 04/06/2021
Compartilhe:

Os ativos biológicos são divididos em micro (fungos, vírus, bactérias) e macrorganismos (artrópodes), sendo os microrganismos aplicáveis aos sistemas de pulverização utilizados para os químicos, ou seja, é possível realizar pulverização biológica eficiente com as tecnologias já existentes. Entretanto, em função dos sistemas atuais não serem projetados para caldas biológicas, é necessário ter atenção a alguns pontos.
Os fatores que interferem na qualidade da calda biológica podem ser bióticos (derivados de interações entre seres vivos) e abióticos (oriundos de fatores físicos). Dentre os fatores abióticos, está o pH da calda. 
Neste vídeo, a Dr.ª Gabriela Vieira Silva aborda a importância do pH correto da calda para a aplicação de bioinsumos, já que este fator pode interferir em diversos organismos.

Autor(a)

Drª. Gabriela Vieira Silva

VÍDEOS MAIS ACESSADOS:
VOCÊ PODE GOSTAR: