Indução de defesa em plantas: como o genótipo afeta a expressão da defesa induzida

Publicado em: 08/11/2021
Compartilhe:

Um dos fatores mais limitantes à ampla adoção da indução de defesa de plantas a patógenos, como ferramenta rotineira de controle de doenças, reside na elevada variabilidade de sua eficácia. Neste cenário, um dos principais fatores que afetam a performance dos indutores de defesa é o genótipo do hospedeiro.

De modo geral, a resistência induzida é mais duradoura em monocotiledôneas do que em dicotiledôneas. Além disso, dentro de uma dada espécie, tem sido reconhecido que o genótipo da planta afeta o nível de proteção promovido por determinado indutor.

Autor(a)

Dr. Daniel Debona

VÍDEOS MAIS ACESSADOS:
VOCÊ PODE GOSTAR: