Antracnose encontrada em área experimental de soja do Instituto Phytus em Santa Bárbara do Sul/RS

Publicado em: 11/02/2016
Compartilhe:

Durante uma visita à área experimental do Instituto Phytus em parceria com a Três Tentos, em Santa Bárbara do Sul, foi encontrada alta incidência de Antracnose (Colletotrichum truncatum) em soja. A doença foi detectada na cultivar de soja Monsoy 5947, semeada dia 28 de novembro e as plantas estavam em estádio R3-R4. A coordenadora de fitopatologia do Instituto Phytus, Dra. Monica Debortoli acredita que a infecção provavelmente pode ter vindo da semente. Além da Antracnose, a pesquisadora também identificou outras doenças de final de ciclo, como: o Crestamento Foliar de Cercóspora (Cercospora kikuchii) e a Mancha Parda (Septoria glycines). Confira no vídeo, imagens dos sintomas da Antracnose e das outras doenças encontradas pela pesquisadora.

Autor(a)

Drª. Mônica Debortoli

VÍDEOS MAIS ACESSADOS:
VOCÊ PODE GOSTAR: