Safra de inverno: confira como está a produção de cereais de inverno no Sul do Brasil

Publicado em: 16/02/2022
Compartilhe:

Neste material, você vai conhecer um pouco mais sobre:

  • o andamento da safra de inverno;
  • a produção de trigo em Santa Catarina;
  • a cevada como uma opção interessante para o cultivo de inverno.

Andamento da safra de inverno no Rio Grande do Sul 

 

Trigo

De acordo com os dados publicados pela Emater/RS-Ascar no Informativo Conjuntural n° 1676 –, a segunda semana de setembro trouxe elevados volumes de chuva ao Estado do Rio Grande do Sul, que foram importantes para recompor a umidade do solo em muitas regiões, melhorando o desenvolvimento das culturas, principalmente do trigo. Porém, em algumas regiões, a chuva  foi mais intensa e veio acompanhada de queda de granizo, resultando em danos às lavouras. Na tabela a seguir, temos as fases de desenvolvimento da cultura do trigo nesta safra, em comparação com as anteriores.

fases-da-cultura-do-trigo-no-rio-grande-do-sul-2021
Tabela 1. Fases da cultura do trigo no Rio Grande do Sul. Fonte: Emater, Informativo Conjuntural n° 1692.

Em relação ao mercado, a Emater/RS-Ascar no RS apurou que o preço médio da saca do cereal teve uma queda de 0,86%, chegando a R$ 81,29/sc. 

Cevada 

Para Erechim, Frederico Westphalen, Soledade e Ijuí, as lavouras de cevada têm se mantido com bom desenvolvimento e condição fitossanitária adequada. Porém, alguns produtores vêm realizando controles localizados de pragas, em função da identificação de pulgões e percevejos nas lavouras do cereal.

Aveia branca - grão

Na região de Ijuí, algumas áreas de aveia branca já foram colhidas, mesmo que a umidade dos grãos esteja acima do ideal, pois os produtores buscam pela qualidade do produto, evitando perdas com o possível retorno das chuvas ao município. No geral, a produtividade esperada é menor em relação às estimativas iniciais.

No mês de agosto, nesta região, a incidência de doenças fúngicas, principalmente de oídio e ferrugem, foi uma preocupação para os produtores de aveia em grãos. 

Já para as regiões que envolvem Santa Maria e Soledade,  o desenvolvimento das lavouras de aveia foi afetado pela baixa incidência de radiação solar, porém, com a chuva e a melhoria dos teores de umidade no solo, as próximas fases da cultura serão beneficiadas. Nestas lavouras a sanidade está adequada, principalmente daquelas que estão na fase de emissão de panícula e florescimento

A chuva que incidiu na Campanha permitiu que os cultivos de aveia apresentassem boa evolução, principalmente em função da associação da precipitação com a sequência de dias ensolarados e de temperaturas em elevação que tem contribuído para o adequado desenvolvimento vegetativo da cultura. 

Em Santa Catarina, a safra de trigo pode alcançar 290 mil em 2022

Por meio de incentivos dados pelo Governo do Estado de Santa Catarina, os agricultores que cultivam suas terras durante o inverno devem produzir uma safra recorde em 2022. Segundo o Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), espera-se um crescimento de aproximadamente 70 % na produção de trigo.

Já para a safra vigente, a expectativa é de que o Estado colha 117,9 mil toneladas a mais, o que se deve ao aumento na área plantada e na produtividade de trigo, que ultrapassa 3 t/ha.

para-a-safra-2020-2021-em-santa-catarina-espera-se-uma-media-produtiva-de-3-toneladas-por-hectare-de-trigo
Figura 1. Para a safra 2020/21, em Santa Catarina, espera-se uma média produtiva de 3 toneladas por hectare de trigo. Fonte: Elevagro.

Quer saber mais sobre o aumento na área plantada com trigo em Santa Catarina e do Projeto de Incentivo ao Plantio de Cereais de Inverno?

Cevada: uma alternativa para o inverno com alto potencial de lucro para o produtor 

A cevada é cultivada no Sul do Brasil durante o inverno, quando as temperaturas estão baixas, e vem se destacando como opção para o cultivo durante esta estação.

O Paraná é o estado brasileiro que possui a maior produção de cevada, concentrando 60 % da produção nacional. Os produtores e a indústria apostam cada vez mais na cultura. Como prova, o anúncio de uma nova maltaria que começará suas operações em dois anos na região de Campos Gerais, com o investimento de R$ 1,5 bilhão e com a geração de mais de 1.000 empregos.

no-estado-do-parana-o-cultivo-da-cevada-vem-crescendo
Figura 2. No Estado do Paraná, o cultivo da cevada vem crescendo. Fonte: Elevagro.

Neste cenário de investimentos, a cevada surge como uma alternativa que propõe a diversificação das propriedades, possibilitando ao produtor novas fontes de renda, principalmente para o período do inverno. 

Por meio da parceria entre cooperativas e instituições de pesquisa – Fundação Agrária de Pesquisa Agropecuária e Fundação ABC –, a cevada passou a receber mais atenção e a produção veio a crescer a cada ano, possibilitando a chegada desta nova empresa.


Autor(a)

Caroline Maria Rabuscke

MATERIAIS MAIS ACESSADOS:
VOCÊ PODE GOSTAR: