Preço dos fertilizantes e o conflito entre Rússia e Ucrânia

Publicado em: 28/02/2022
Compartilhe:

Preço dos fertilizantes para a safra 2022/23

Foram 9,3 milhões de toneladas de fertilizantes importados pelo Brasil da Rússia somente em 2021, sendo este o país que supre grande parte da necessidade da produção agrícola nacional de fertilizantes químicos. De acordo com Bruno Fonseca, que é analista sênior do Rabobank Brasil, o confronto que está ocorrendo entre Rússia e Ucrânia deve afetar o preço dos fertilizantes adquiridos pelos produtores brasileiros nos próximos meses, causando aumento. 

Dentre os fertilizantes comprados na Rússia, a ureia é um dos principais e de grande relevância na produção agrícola. O preço desse fertilizante deve ser um dos impactados pelo conflito, e seu valor no Brasil deve ultrapassar os vistos em 2021.

A crise energética da China, que está limitando a oferta de fertilizantes e outros insumos agrícolas, já sinalizava uma situação de alta nos preços em 2022, preparando os produtores rurais para um custo de produção maior. Todavia, esse conflito entre Rússia e Ucrânia confirma esse cenário e, segundo o especialista, para a safra 2022/23, o aumento no preço dos fertilizantes deve seguir até o segundo trimestre de 2022.

Fonte: Canal Rural, disponível em: https://www.canalrural.com.br/alianca-da-soja/conflito-russia-ucrania-fertilizantes/

Fertilizantes vindo do Irã

Em visita a várias empresas de fertilizantes iranianas nos últimos dias, a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), demonstrou o interesse do Brasil em elevar a compra de fertilizantes deste país.
O presidente da National Petrochemical Company (NPC), Morteza Shah-Mirzaei, ressaltou que as exportações de ureia para o Brasil poderão chegar a 2 milhões de toneladas ao ano, valor mais de duas vezes superior ao atual, que gira em torno de 600 mil toneladas/ano importadas do Irã. Outra empresa visitada pela ministra foi a Shiraz Petrochemical Company, uma das maiores produtoras de ureia do Irã. O país produz cerca de 5 milhões de toneladas, onde metade é vendida no mercado interno e o excedente é exportado.

Veja a reportagem completa em: https://diarural.com.br/exportacao-de-ureia-do-ira-para-o-brasil-pode-ser-triplicada/

Autor(a)

Caroline Maria Rabuscke

MATERIAIS MAIS ACESSADOS:
VOCÊ PODE GOSTAR: