Rotação de culturas e diversidade microbiana

Publicado em: 02/03/2022
Compartilhe:

Estudos relacionados com a sustentabilidade de sistemas de produção agropecuária têm enfatizado a importância das práticas de manejo nas propriedades biológicas e bioquímicas do solo. Neste sentido, a rotação de culturas é de grande importância nos sistemas produtivos, uma vez que a diversificação de plantas refere-se à diversificação do suprimento energético, à maximização das fontes proteicas, à utilização eficiente da água, ao controle de ervas daninhas e doenças a um baixo custo, ao controle da erosão, à melhoria da fertilidade do solo e ao aumento da produtividade.

Um solo de qualidade possui atividade biológica intensa e contém populações microbianas balanceadas. O fato de muitos microrganismos utilizarem a fração disponível da matéria orgânica (exsudatos radiculares) os faz sensíveis às mudanças na sua qualidade. Um aumento na diversidade microbiana pode levar a ganhos expressivos de produtividade. Esse aumento da diversidade microbiana no solo tem contribuído para o aumento da tolerância das plantas, principalmente, ao estresse hídrico.

O estresse hídrico é uma restrição alarmante para o crescimento, desenvolvimento e produtividade das plantas em todo o mundo. No entanto, bactérias, fungos e vírus associados a plantas podem aumentar a resistência ao estresse e lidar com os impactos negativos da seca por meio da indução de vários mecanismos que envolvem mudanças bioquímicas e fisiológicas nas plantas. Esses mecanismos incluem ajuste osmótico, aumento da enzima antioxidante, modificação dos níveis fito-hormonais, produção de biofilme, aumento da captação de água e nutrientes, bem como aumento da troca gasosa e eficiência do uso da água. A produção de compostos orgânicos voláteis microbianos e a indução de genes responsivos ao estresse por micróbios também desempenham um papel crucial na aquisição de tolerância à seca.

Veja neste infográfico, o papel dos microrganismos no solo e sua contribuição para o desenvolvimento das plantas, principalmente na mitigação de estresses hídricos e, consequentemente, para a produtividade.

Autor(a)

Dr. IdealFarm

FOTOS MAIS ACESSADAS:
VOCÊ PODE GOSTAR: