Pragas na Cultura do Arroz Publicado em:

As pragas mais comumente identificadas na cultura de arroz apresentam características e comportamentos diferentes, porém sempre buscando o carboidrato das folhas e produtos da lavoura para se nutrir. Preparamos abaixo uma lista das pragas que podem ser problemas nessa cultura:

 Bicheira-da-raiz (Oryzophagus oryzae):

Essa praga, quando na sua fase de larva, atua diretamente na raiz das plantas, cortando-as e, por esse motivo, diminuindo a absorção dos nutrientes, prejudicando seu crescimento e desenvolvimento de qualidade. Já na fase adulta, a bicheira ataca as folhas da plantação. 

Lagarta-da-panícula (Pseudaletia sequax e P. adulter):

O inseto pode ocorrer na lavoura na fase de afilhamento. Porém, a maior ocorrência se dá a partir da emissão da panícula, nos meses de janeiro a março, permanecendo até a colheita.  Durante o dia, as lagartas encontram-se abrigadas na parte inferior das plantas, subindo à noite para atacarem as panículas. 


 

Figura 1. Ataque de Lagarta-da-panícula (Pseudaletia sequax) em arroz irrigado. Fonte: Pinto, Felipe Frigo (2012). 

 

 Broca-do-colmo (Diatraea saccharalis):

Os adultos têm hábito noturno, encontrando-se abrigados nas plantas durante o dia. A praga pode ser facilmente identificada por um orifício no colmo, construído para a saída do adulto. As lagartas podem deixar o afilho e atacar outras plantas próximas. Os danos são causados pela ocorrência das lagartas nos colmos na fase vegetativa, quando a folha central morre, provocando o sintoma conhecido por coração morto, além da panícula branca. Estas partes das plantas, se puxadas, soltam-se com facilidade. 

Figura 2. Ataque de Broca-do-colmo (Diatraea saccharalis) em arroz irrigado. Fonte: Pinto, Felipe Frigo (2012). 

 

 Cascudo-do-arroz (Euetheola humilis):

É um inseto que se alimenta das raízes em sua fase de larva, quando é chamado de coró ou pão de galinha. Já na sua fase adulta, alimenta-se da base da planta. Geralmente é observado em situações de alta temperatura e grande umidade.

Figura 3. Larva coró.

 

Percevejo-do-arroz(Oebalus poecilus):

Também conhecido como percevejo-da-panícula, é uma praga cosmopolita, que causa danos em várias culturas, principalmente no arroz. Causa chochamento e gessamento nos grãos, pois é sugada a seiva, tanto das folhas quanto dos grãos leitosos, e os grãos acabam se quebrando ao serem  beneficiados.


Figura 4. Oebalus poecilus na panícula do arroz. 

 

 Pulga-do-arroz (Chaetocnema sp.):

Inseto especificamente encontrado nas lavouras de arroz, que se desenvolvem de tempos em tempos nesse tipo de plantação. Alimenta-se das folhas e prejudica o crescimento da lavoura. 

Pulgão-da-raiz (Rhopalosiphum rufiabdominale):

É um inseto que, geralmente, atinge todos os tipos de plantações, já que se alimenta da seiva das plantas. É capaz de injetar uma toxina na raiz das plantas, paralisando completamente o seu crescimento.

 

Confira também!

Autor(es)