Nível de ação para o controle de pragas Publicado em:

Para o controle eficiente de pragas é importante entender alguns conceitos. Nesse sentido, você vai conhecer um pouco mais sobre:

  • Nível de equilíbrio
  • Nível de dano econômico
  • Nível de ação ou nível de controle

Quando o assunto é controle de pragas, é muito importante que tenhamos alguns conceitos bem definidos e o primeiro deles é o conceito de “praga”. Para exemplificar, imagine um ácaro fitófago chamado de “ácaro A”. No campo, a população deste ácaro oscila ao longo do tempo. Quando há abundância de alimento e boas condições climáticas, a população aumenta.

Porém, também existem no campo alguns ácaros predadores que se alimentam do ácaro A e que podem fazer sua população diminuir. Caso as condições climáticas fiquem desfavoráveis ao ácaro A sua população também diminuirá. Deste modo, ao longo do tempo, temos uma oscilação da população do ácaro A. O nível médio da população ao longo do tempo é chamado de nível de equilíbrio (Figura1).

Figura 1. Flutuação populacional do “Ácaro A”. Em laranja, a linha que determina o nível de equilíbrio populacional.

No ambiente agrícola, a lavoura é o “alimento favorito” do ácaro A e eles podem aumentar muito seu nível populacional. Enquanto o ácaro A está presente na lavoura, mas em níveis populacionais em torno do nível de equilíbrio, ele não é considerado uma praga. Porém, quando a população aumenta de tal modo que os danos do ácaro A causarão prejuízos econômicos, ele passa a ser considerado uma praga.

Assim, o conceito de praga está relacionado ao nível populacional de um determinado organismo em que sua população causará prejuízos econômicos ao produtor (Figura 2).

 

 

Figura 2. Flutuação populacional do “Ácaro A”. Em vermelho, a linha que determina o nível de dano econômico.

Quando somos responsáveis pelo manejo de pragas de uma lavoura, nosso papel é evitar que organismos indesejáveis atinjam o nível de dano econômico. Para isso, existe um conceito importante que é o nível de ação ou nível de controle. Este é um nível populacional a partir do qual, se nenhuma medida for tomada, a população poderá atingir o nível de dano econômico (Figura 3).

 

Figura 3. Flutuação populacional do “Ácaro A”. Em vermelho, a linha que determina o nível de ação ou nível de controle.

Para um bom Programa de Manejo de Pragas é necessário, portanto, que sejamos capazes de reconhecer os organismos indesejáveis, e que possamos acompanhar sua flutuação populacional no campo, identificando quando ela atinge o nível de ação. Neste momento, alguma ação de controle precisa ser tomada.

 

Autor(es)