Controle químico de doenças foliares na cultura do arroz irrigado Publicado em:
Para acessar este conteúdo com mais informações, clique aqui e cadastre-se gratuitamente.

As doenças foliares interferem na produtividade do arroz irrigado. O controle químico é uma ferramenta que proporciona a redução significativa na severidade das doenças como a escaldadura e mancha-marrom, e o rendimento de grãos é influenciado pelo produto utilizado e pela época de aplicação.

O objetivo deste trabalho foi avaliar a interferência das doenças foliares na produtividade de duas cultivares de arroz irrigado, bem como determinar a interação entre ingredientes ativos e momento de aplicação, para o controle de escaldadura e mancha-marrom.

Foram utilizados: tiofanato metílico, tebuconazole, azoxystrobin e trifloxystrobin + propiconazole, aplicados em cinco épocas, às cultivares IRGA 417 e El Passo L 144.

Os parâmetros avaliados foram: severidade das doenças e rendimento de grãos.

O controle químico proporcionou redução significativa na severidade das doenças, em ambas as cultivares, com reflexo no rendimento de grãos, e foi influenciado pelo produto e pela época de aplicação. 

Autor(es)